Previsão do Tempo

RUSSAS

35ºC

NOTÍCIAS / CEARÁ

Estado quer ser referência em abastecimento de água

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

03/12/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

"Nossa meta é universalização do acesso à água em todo o Ceará. E pensando também no futuro, em médio e longo prazos nesse setor, também estão em curso ações inovadoras que vão fazer com que Ceará tenha a melhor estrutura de rede de recursos hídricos do mundo. O Estado está caminhando para ter este horizonte em dois a quatro anos. Aguardem".

A afirmação é do governador do Estado, Cid Gomes, durante solenidade de liberação de mais 160 projetos de sistemas de abastecimento de água dentro do Programa Água para Todos, em parceria com o Ministério da Integração Nacional, quando foram entregues a cada representante da comunidade beneficiada com o sistema um certificado de que aquela população será assistida.

Na ocasião, o governador assinou ordem de serviço para continuidade da segunda fase de um programa para ação emergencial a fim de amenizar os efeitos da estiagem, com mais de 1.800 ações de limpeza e reativação do funcionamento de poços profundos, beneficiando 39 municípios cearenses.

Nesta segunda fase da iniciativa, foram investidos mais de R$ 13 milhões, com a parceira entre o Estado, o governo federal, as entidades comunitárias e a iniciativa privada que fará o trabalho. No primeiro momento do programa emergencial foram construídos 318 poços, com 18 municípios beneficiados, e com recursos na ordem de mais de R$ 6 milhões.

A solenidade para assinatura da ordem de serviço e a liberação de projetos para liberação dos projetos ocorreu na manhã de ontem no Palácio do Governo com a presença também do ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, o secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará, Nelson Martins, além de autoridades públicas ligadas a ações voltadas à convivência com o semiárido.

Para o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, o que o governo federal mais almeja é que a população rural do Estado do Ceará não tenha mais problemas de abastecimento. Ele avalia que poderia ser pior caso não houvesse parcerias entre os diversos setores da sociedade. "É com o apoio entre prefeituras, dos governos estadual e federal e da sociedade civil organizada que vamos vencer esse grande desafio que é fazer com que a água chegue na casa de todos os cearenses", frisa.

Teixeira disse ainda que a convivência com o semiárido só não é pior porque há esse esforço conjunto aliado a outros fatores como a ampliação de infraestrutura hídrica e o suporte socioeconômico, com os programas de transferência de renda que o governo federal tem hoje: Bolsa Família, Seguro Safra e o Bolsa Estiagem.

Cronograma

A continuidade do Programa Água Para Todos, no Ceará, por meio da liberação dos 160 projetos na manhã de ontem, contempla 60 municípios cearenses, beneficiando 7.349 famílias rurais, com investimento de aproximadamente R$ 34,95 milhões, provenientes do governo do Estado e o Ministério da Integração Nacional.

Estão programadas as instalações de 1.350 sistemas de abastecimento. De acordo com o coordenador de Programas e Projetos Especiais da SDA, Wanderley Guimarães, a expectativa é que as obras comecem até o primeiro semestre de 2014. "Até 11 de dezembro deste ano haverá uma licitação para selecionar as empresas que irão trabalhar na construção dos sistemas de abastecimento de água".

"O segundo passo será a assinatura da ordem de serviço para que as empresas vencedoras da licitação comecem a trabalhar logo no início do ano que vem", completa Guimarães.

Contempladas

As comunidades beneficiadas com os sistemas de abastecimento de água foram escolhidas através do comitê municipal, que é formado por representantes dos órgãos do município, sindicatos, Estado e Igrejas. Os integrantes do comitê são formados 70% pela sociedade civil e 30% pelo poder público.

Guimarães explica também que estes comitês fazem a escolha das comunidades beneficiadas de acordo com alguns critérios como a existência no local de 15 a 150 famílias e que 40% destas famílias estejam cadastradas no programa Bolsa Família.

"Mas lembrando que o Programa beneficia de acordo com a realidade de cada município. Por exemplo, há município que terá mais comunidades contempladas, como é o caso da Região do Inhamuns onde há a necessidade de maior atenção".

O titular da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), Nelson Martins, destacou que o governo estadual continua com ações para amenizar a estiagem no Ceará. Segundo ele, já estão em execução 50 projetos de abastecimento ligados ao Projeto São José III e mais 81 sendo liberados para licitação.

A prefeita de Tauá, Patrícia Aguiar, avaliou que o Programa é essencial para a sobrevivência do sertanejo. "Ações como essa nos ajudam muito. No nosso município já foram construídos 600 poços e mais de cinco mil cisternas e ainda precisamos de mais", frisa a gestora municipal.

Para Raimundo Custódio de Souza Neto, presidente da Associação Comunitária da localidade de Sítio de Santana, em Ipu, a instalação do sistema representa um crescimento para todos que ali vivem. "Com água, tudo é mais fácil. É fácil para beber, e principalmente plantar. É uma boa ideia essa do Governo para todos nós que precisamos urgente de água", avalia.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados