Previsão do Tempo

RUSSAS

27ºC

NOTÍCIAS / ESPORTE

Rodada da Série B pode deixar Vovô pela 1ª vez no G4

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

12/10/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

A 29ª rodada da Série B pode deixar pela 1ª vez o Ceará no G-4 caso vença hoje o Paraná e Avaí ou Sport tropecem

No returno, a cada rodada, o Ceará foi ganhando posições e subindo na tabela. Agora chegou a vez de subir o degrau definitivo e chegar ao G-4 pela 1ª vez na Série B do Brasileiro.

Para isso, é preciso vencer o Paraná, rival direto pelo posto hoje, às 16h20, no Castelão, e secar Avaí ou Sport, que já integram o seleto grupo. Contra o Leão pernambucano, basta torcer por uma derrota para o Oeste, em Itápolis (SP). Caso o Sport empate, será preciso que o Avaí perca para a Chapecoense em Florianópolis (SC).

Contas à parte, o Ceará, melhor time do returno em pontos e aproveitamento, se concentra para bater um adversário perigoso, que embora venha de três derrotas seguidas, integrou o G-4 por várias rodadas.

"A entrada no G-4 é consequência do trabalho. Mais do que entrar nele agora, é continuar vencendo. Precisamos vencer o Paraná, pois jogamos em casa e, na Série B, vencer como mandante é obrigatório", argumenta o atacante Magno Alves.

Caso vença o Paraná, o Vovô chega a sua quarta vitória seguida na Série B e continuará embalado. O técnico Sérgio Soares espera que sua equipe não perca a oportunidade, nem que seja correndo riscos.

"Em casa, temos de vencer sempre. Não podemos tropeçar. Sempre corremos riscos buscando uma reação e continuará assim. Quem ataca e joga ofensivamente, corre riscos mesmo lá atrás. Agora serão dez finais, jogos duríssimos. A concentração precisa ser maior. Tanto defensiva como ofensiva", aponta ele.

Com o desfalque do zagueiro Diego Ivo, o escolhido é Gustavo. Já o retorno de Ricardinho, que volta de suspensão, faz com que Diogo Orlando deixe o time.

Paraná

Pelo tricolor paranaense, o técnico Dado Cavalvanti promete mudanças, principalmente após a goleada sofrida para o América/RN na rodada anterior. E pelo menos quatro dessas alterações virão por conta de desfalques.

O meia Felipe Amorim, com uma luxação no pulso, terá de passar por cirurgia e não joga o restante da Série B. Os atacantes Paulo Sérgio e Anderson, além do zagueiro Brinner, sentiram lesões e já retornaram para Curitiba. Os zagueiros Edimar e Alex Bruno, o volante Edson Sitta e o atacante Reinaldo foram chamados para suprir as lacunas e entram na briga por posições.

O treinador garante que a boa situação na tabela não fez o time se deslumbrar, mas ele ressalta que espera uma reação imediata. "Não acho que houve em momento algum qualquer tipo de soberba. O que não tem faltado é entrega. Talvez tenha faltado inspiração, lucidez. Mas não temos sido competentes", assume.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados