Previsão do Tempo

RUSSAS

27ºC

NOTÍCIAS / POLÍCIA

Jaguaribe: MPF denuncia capitães por crimes em blitz

Óticas Diniz

O povo online

28/09/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
Blitz foi no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 302 da BR-116, em Jaguaribe. Carro foi retirado com um guincho
Blitz foi no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 302 da BR-116, em Jaguaribe. Carro foi retirado com um guincho

Dois capitães da Polícia Militar (PM) foram denunciados ontem pelo Ministério Público Federal (MPF) de Limoeiro do Norte (CE) por crimes de abuso de autoridade, resistência e constrangimento ilegal. O fato se deu durante abordagem no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no km 302 da BR-116, no município de Jaguaribe, na manhã da última quarta-feira.

O comandante da 3ª Companhia do 1º Batalhão da PM de Jaguaribe, capitão Mário Cunha Lima, e o secretário da Segurança Pública e Cidadania de Icó, capitão Rodrigo Rodrigues, teriam impedido agente da PRF de autuá-los e de reter o veículo em que estavam. O carro, que pertence ao capitão Mário, apresentava licenciamento atrasado e tinha cores irregularmente alteradas, segundo o chefe da delegacia da PRF de Icó, inspetor Fabiano Pinheiro. “Eles estavam sem farda e logo que o agente identificou as irregularidades no carro, o dono disse que era capitão da PM e pediu para ser liberado, o que não aconteceu”, relata o inspetor.

De acordo com o procurador Luiz Carlos Oliveira Júnior, autor da ação penal, depoimentos dos agentes da PRF apontaram que após a autuação e retenção do veículo, começaram a chegar outros policiais militares ao posto da PRF, armados e com colete, aparentemente “convocados” pela capitão Lima. “Chegaram uns oito policiais, de acordo com os agentes. Eles contaram que os capitães estavam bem exaltados e ordenavam para que o veículo fosse liberado e nenhuma multa aplicada”, explica o procurador.

Oliveira Júnior acrescenta que, diante da posição dos agentes da PRF de somente liberar o veículo com a apresentação do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) atualizado, como previsto pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os policiais militares chamaram um guincho e retiraram o carro do posto.

Para o procurador do MPF, além de resistirem ao cumprimento de uma ordem legal, os capitães cometeram abuso de autoridade e constrangeram os policiais rodoviários federais, por ameaçá-los para que não cumprissem o que determina o CTB. O inspetor Pinheiro, da PRF de Icó, afirmou que ainda não se sabe onde se encontra o carro do capitão.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados