Previsão do Tempo

RUSSAS

26ºC

NOTÍCIAS / POLÍCIA

Quadrilha da micareta é presa em casa de show na Capital

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

24/07/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Uma quadrilha formada por sete baianos, quatro homens e três mulheres, que agia em micaretas e outras festas do gênero, foi presa, na madrugada de ontem, nesta Capital. O grupo tinha uma especialidade, o furto de telefones celulares e câmeras digitais durante grandes shows.

Em poder dos ladrões, os seguranças e a Polícia apreendeu 32 aparelhos celulares e iPhones, além de outros objetos de valor furtados das vítimas FOTO: BRUNO GOMES

Segundo informações do inspetor Julierme Sena, do 34º DP (Centro) a gangue estava hospedada em um hotel, na Praia de Iracema, desde o último sábado e pretendia praticar furtos durante o Fortal, mas começou a agir durante a madrugada de ontem, no show da dupla sertaneja Jorge e Mateus, realizado, ontem, no Mucuripe Club.

Operação

A primeira prisão e apreensão ocorreu ainda dentro do clube, quando os seguranças perceberam a ação dos ladrões e chamaram a Polícia. Segundo informações do inspetor, um casal foi detido e 20 celulares apreendidos. Fábio Bernardo Dantas, 32; e Adneia Lima da Silva, 25, foram encaminhados ao plantão do 34º DP. A mulher utilizava uma espécie de cinta por baixo da roupa para esconder os aparelhos roubados, enquanto o homem agia na festa furtando os celulares e câmeras.

A equipe do 34º DP foi ao hotel onde o casal estava hospedado e descobriu que outros baianos estavam alojados ali e que também vieram a Fortaleza praticar os furtos durante shows e a micareta. No quarto do casal não foram encontrados mais aparelhos, porém, onde os companheiros de viagens estavam dormindo foram encontrados mais 12 celulares. Foi, então, efetuada a prisão de mais duas mulheres e três homens. Marcelo de Jesus da Silva,26; Leonardo Moreira da Silva, 30; Sheila Rodrigues Bonfim, 27; Ana Lurdes Maria Leal, 35; e Jackson da Silva Barreto, 35, foram encaminhados também ao 34º DP.

Segundo informações da Polícia, o grupo era especialista em furtar objetos do público em grandes eventos. Atacavam as pessoas que estavam filmando e/ou fotografando os artistas com celulares caros, principalmente iPhones. Depois que a quadrilha escolhia as vítimas, um homem furtava o celular de maneira discreta e entregava rapidamente à mulher.

Quando as vítimas percebiam a situação, chegavam mais três homens e começavam um empurra-empurra para que fosse impossível para a vítima identificar os ladrões.

Ainda de acordo com a Polícia, o grupo viajava para festas em outros Estados somente para cometer os crimes. Um comerciante que trabalha próximo ao hotel informou à Polícia que os criminosos procuraram o comércio para comprar etiquetas. O material seria colocado nos aparelhos para simular que o grupo trabalhava com manutenção de eletrônicos. Adneia responde por um homicídio na Bahia e foi transferida para a Delegacia de Capturas e Polinter. Mais de 40 pessoas foram ao 34º DP, com notas fiscais, para buscar seus aparelhos e câmeras.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados