Previsão do Tempo

RUSSAS

26ºC

NOTÍCIAS / CIDADE

Russas: Lixo hospitalar continua sendo o maior problema do lixão

Óticas Diniz

David Oliveira

04/04/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

O lixo hospitalar do município de Russas está sendo depositado no lixão em discordância com as regulamentações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O lixo chega dentro de sacolas plásticas e é descarregado de forma incorreta, alguns em contato direto com o solo. O material encontrado no local vai desde seringas usadas até as capsulas de medicamentos. Essa realidade tem se repetido em diversas cidades do país.

 

Segundo o senhor Francisco Santana Neto, vigia do lixão, todos os dias chega ao lixão uma caçamba carregada de lixo hospitalar. O lixo vem embrulhado em sacos plásticos e uma caçamba com este material. Este é diretamente despejado em uma vala. Ao lado, há o restante dos resíduos que são descartados diariamente. De acordo com Francisco, ele mesmo coloca fogo no lixo, porém tal ação representa um grande risco à sua saúde. O material pode contaminar os indivíduos que estejam em contato com ele, causando doenças.  Ainda de acordo com Francisco, ele é o único que chega próximo ao local. "Eu trabalho aqui há 16 anos e todos os dias chega uma caçamba com o lixo do hospital aqui, e sempre foi desse jeito", ressalta.

 

De acordo com a norma 307 da Anvisa, que  regulamenta o descarte deste material, todo o material especificado como lixo hospitalar deve ser devidamente condicionado em embalagens específicas para a sua destinação correta, procedendo da seguinte forma: primeiro, os materiais perfurocortantes devem estar em caixas de papelão específicas para esta finalidade. Os demais resíduos devem ser alocados em sacos plásticos brancos, sempre identificados com o símbolo de material infectante. O destino destes materiais é a incineração ou aterro sanitário através de sistema de coleta especial; segundo, os materiais radioativos dispõem de uma legislação própria da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e devem proceder de acordo com essa especificação, sendo os hospitais os responsáveis por sua destinação final. Os materiais farmacêuticos são devolvidos aos fabricantes, sendo esses os responsáveis por sua destinação; por fim, o papel, papelão, vidros, plásticos, metais e demais materiais recicláveis recebem embalagens próprias de acordo com o tipo de material, e sua destinação é a reciclagem interna ou a entrega, ou mesmo venda, como sucata.

 

Redação TV Russas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados