Previsão do Tempo

RUSSAS

33ºC

NOTÍCIAS / LIFESTYLE

Russas: Proliferação da dengue está sob controle

Óticas Diniz

David Oliveira

26/02/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Com o início das chuvas alternando com dias ensolarados, uma das grandes preocupações da população e autoridades é a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. Nesse período os trabalhos dos agentes de endemias redobram a atenção na procura por focos de larvas. Até o momento, alguns casos da doença já foram notificados pela Secretaria de Saúde.

 

Segundo a Coordenação de Endemias, até o momento foram notificados três casos de dengue na cidade de Russas. Um dos casos foi confirmado na localidade de Boa Vista. Os outros dois casos, um na Lagoa Grande e outro no Campo Federal, ainda estão aguardando a confirmação dos resultados dos exames de sangue, realizado para detectar a doença. Foram notificados também a existência de três focos positivos nas localidades de Jardim de São José, Boqueirão do Cesário e no Bairro Nossa Senhora de Fátima.

 

O trabalho esta sendo feito com um número limitado de agentes, sendo apenas 31 agentes para atender 20.405 domicílios particulares ocupados (Segundo dados do IBGE), onde 26 atuam na sede do município e apenas cinco na zona rural. A Coordenação informou também que haverá contratação de novos agentes, mas ainda não há data para seleção.

 

Em novembro do ano passado, 18 dos 35 agentes de endemias foram demitidos. Todos retomaram seus cargos este ano, garantiu a Coordenação.

 

Sobre a prevenção, a coordenação ressalta que os próprios agentes fazem um trabalho de conscientização sempre que visitam as casas e informam aos cidadãos os cuidados necessários para se combater a dengue.

 

A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus e é transmitida pela fêmea do mosquito Aedes aegypti. Os principais sintomas da dengue são: febre, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores musculares, dores nas juntas, prostração e vermelhidão no corpo. O tratamento da dengue requer bastante repouso e a ingestão de muito líquido, como água, sucos naturais ou chá. Para evitar a proliferação do mosquito, é essencial não deixar a água, principalmente limpa, parada em qualquer tipo de recipiente, pois combater os focos do mosquito transmissor é a única forma de prevenir a transmissão da doença.

 

Redação TV Russas

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados