Previsão do Tempo

RUSSAS

27ºC

NOTÍCIAS / MUNDO

Guerra entre EUA e Coreia do Norte é cada vez mais provável

Óticas Diniz

04/12/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

O fantasma de uma guerra preventiva com a Coreia do Norte fica mais próximo cada vez que Pyongyang testa um míssil ou uma bomba nuclear, afirmou ontem o senador americano Lindsey Graham. “Se houver um teste nuclear subterrâneo, será necessário se preparar para uma resposta muito séria dos EUA”, disse congressista republicano.

As palavras de Graham chegam após as ditas na véspera pelo assessor de segurança nacional de Donald Trump, o general HR McMaster, que declarou durante um colóquio sobre defesa que a probabilidade de uma guerra com a Coreia do Norte “aumenta a cada dia”.

Lançamento 

Pyongyang lançou na semana passada um míssil balístico intercontinental (ICBM)com altura e distância ainda não alcançadas por um artefato norte-coreano. 

A sofisticação do míssil chamou a atenção de especialistas, mas conforme fontes da CNN, a cabeça teria se desintegrado ao reingressar na atmosfera. 

O secretário de Defesa americano, Jim Mattis, disse que o território americano está agora ao alcance de Pyongyang. Os EUA e o Japão tentaram endurecer o regime de sanções da ONU contra a Coreia do Norte, mas Moscou e Pequim se negaram.

Graham disse que o governo de Trump busca “impedir que a Coreia do Norte adquira a capacidade de atacar os EUA com um míssil de cabeça nuclear, não só de controlá-la”.

“Impedir isso que dizer, em última instância, uma guerra preventiva. Essa prevenção se torna cada vez mais provável à medida que sua tecnologia melhora. Cada teste de míssil, cada teste subterrâneo de uma arma nuclear quer dizer que a união (de um míssil com uma cabeça nuclear) é mais provável”, acrescentou o senador.

‘Manobras belicistas’

A Coreia do Norte classificou como “belicistas” Estados Unidos e Coreia do Sul na véspera do início de suas manobras aéreas conjuntas mais importantes até agora. O exercício “Vigilant Ace”, que mobilizará cerca de 230 aviões (caças invisíveis F-22 Raptor), começa hoje e durará cinco dias. Será realizado apenas poucos dias depois de o regime norte-coreano ter testado um míssil ICBM. 

Em seu editorial, o jornal Rodong do Partido (único no poder na Coreia do Norte) denunciou essas manobras. “É uma provocação aberta, em todos os níveis, contra a Coreia do Norte, que poderia levar a uma guerra nuclear a qualquer momento”. 

“Os belicistas americanos e sua marionete sul-coreana fariam melhor em lembrar que seu exercício militar dirigido contra a Coreia do Norte será tão estúpido quanto um ato para precipitar sua autodestruição”, acrescentou o jornal.

Recentemente, o conselheiro de Segurança Nacional, H.R. McMaster, considerou que a possibilidade de uma guerra com a Coreia do Norte. “Acredito que aumenta cada dia, o que significa [...]que estamos em um corrida para solucionar o problema. "Há maneiras de enfrentar esse problema fora de um conflito armado, mas é uma corrida, porque se aproxima cada vez mais. Não resta muito tempo", advertiu.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados