Previsão do Tempo

RUSSAS

25ºC

NOTÍCIAS / CEARÁ

Açudes do Ceará estão com menos de 10% da capacidade de armazenamento

Óticas Diniz

G1

16/10/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

s 155 açudes do Ceará monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) têm volume de água de 9,43%, o que representa 1,76 bilhões m³. Os reservatórios do estado têm capacidade total de armazenamento de 18,64 bilhões m³.

O volume de água está distribuído nas bacias do Litoral (46,11%), Alto Jaguaribe (8,04%), Coreaú (63,64%), Metropolitanas (24,36%), Serra da Ibiapaba (23,56%), Médio Jaguaribe (3,56%), Salgado (11,37%), Acaraú (20,89%), Banabuiú (2,83%), Sertões de Crateús (0,51%), Curu (11,19%) e Baixo Jaguaribe (0,94%).

Apenas um açude - de pequeno porte - está com volume superior a 90%, o Germinal, no município de Palmácia. Ele se encontra com 98,29% da capacidade total de armazenamento. Outros 115 açudes, estão com volume inferior a 30%. Quarenta e quatro açudes estão em volume morto e 18 estão completamente secos.

Em 2017, apenas 15 açudes sangraram: Angicos, Itaúna e Tucunduba, da bacia do Coreaú; São Pedro Timbaúba, Gameleira e Quandú, da bacia do Litoral; Maranguapinho, Itapebussu, Tijuquinha, Cahuipe, Cocó e Germinal, das bacias Metropolitanas; Valério e Caldeirões, da bacia do Alto Jaguaribe, e Acaraú Mirim, da bacia do Acaraú.

Castanhão

O açude Castanhão, o maior do país e responsável pelo abastecimento da Grande Fortaleza, atingiu um novo recorde negativo de reserva de água. Nesta sexta-feira (13), o reservatório registrava 3,88% de reserva de água, de acordo com a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), o menor já registrado desde 2002, quando o açude foi criado.

O açude tem capacidade para 308,71 hm3 de água, o suficiente para abastecer uma cidade como Fortaleza por três anos. O Ceará sofre com chuvas abaixo da média por seis anos seguidos, ocasionando a mais grave estiagem registrada no estado nos últimos 100 anos.

O açude Orós, segundo maior reservatório de água do Ceará, deixou de abastecer as cidades da Região Metropolitana de Fortaleza em março, para deixar suas águas para a região do Vale do Jaguaribe. Com a decisão, apenas o Castanhão abastece a Grande Fortaleza. Atualmente, o Orós está com apenas 7,94% da capacidade de armazenamento.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados