Previsão do Tempo

RUSSAS

27ºC

NOTÍCIAS / NEGÓCIOS

IPC-S cai 0,07% na 3ª quadrissemana de setembro, afirma FGV

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

25/09/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
O item frutas (-1,60% para -0,44%) contribuiu para a redução da queda de Alimentação
O item frutas (-1,60% para -0,44%) contribuiu para a redução da queda de Alimentação

Os principais destaques individuais foram a tarifa de eletricidade e o tomate.

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) apresentou queda de 0,07% na terceira quadrissemana de setembro após cair 0 01% na leitura anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (25). 

Das oito classes de despesas analisadas, quatro registraram desaceleração nessa medição: Educação, Leitura e Recreação (0 93% para 0,29%), Habitação (-0,14% para -0,27%), Transportes (0 74% para 0,58%) e Vestuário (0,27% para 0,26%). 

Por outro lado, os grupos Alimentação (-0,87% para -0,72%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,25% para 0,30%), Despesas Diversas (0,03% para 0,12%) e Comunicação (-0,08% para -0,05%) tiveram aceleração nas taxas no período.

O grupo Educação, Leitura e Recreação teve a maior contribuição para o aumento da deflação do IPC-S da segunda para a terceira quadrissemana de setembro. A desaceleração de 0,93% para 0,29% teve como a influência principal de passagem aérea, cuja taxa passou de 28,48% para 9,03%.

Nos outros três grupos que tiveram alívio no período, a FGV citou a contribuição dos itens tarifa de eletricidade residencial (-1,00% para -2,03%) em Habitação; gasolina (3,28% para 2,66%) no segmento Transportes; e calçados (0,50% para 0 13%) em Vestuário. 

Por outro lado, o item frutas (-1,60% para -0,44%) contribuiu para a redução da queda de Alimentação e artigos de higiene e cuidado pessoal (-0,50% para -0,19%) influenciaram o aumento de Saúde e Cuidados Pessoais. Além disso, o item cigarros (0,12% para 0,37%) foi o destaque para a elevação de Despesas Diversas, enquanto mensalidade para TV por assinatura (0,07% para 0,36%) contribuiu para reduzir o recuo de Comunicação. 

Influências Individuais

Os principais destaques individuais de baixa do IPC-S da terceira quadrissemana de setembro foram tarifa de eletricidade residencial (-1,00% para -2,03%), tomate (mesmo com a deflação menor, de -25,29% para -20,97%), leite tipo longa vida (apesar da taxa maior, de -4,06% para -3,80%), batata-inglesa (-5,72% para -11,51%) e tarifa de ônibus urbano (-0,17% para -0,44%). 

Já as maiores influências individuais de alta, segundo a FGV, foram gasolina (a despeito do alívio de 3,28% para 2,66%), plano e seguro de saúde (que manteve a taxa de 0,95%), passagem aérea (28,48% para 9,03%), taxa de água e esgoto residencial (apesar da desaceleração de 0,93% para 0,51%) e etanol (mesmo com a taxa menor, de 2,21% para 0,99%).

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados