Previsão do Tempo

RUSSAS

27ºC

NOTÍCIAS / BRASIL

PSDB vai analisar denúncia contra Temer e depois se posicionar, diz Alckmin

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

15/09/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
Geraldo Alckmin acredita que denúncias contra governo não devem atrapalhar votação de reformas ( Foto: Reprodução )
Geraldo Alckmin acredita que denúncias contra governo não devem atrapalhar votação de reformas ( Foto: Reprodução )

Governador de São Paulo diz acreditar que processo contra presidente não deve paralisar votações na Câmara.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), declarou nesta sexta-feira (15), que o partido vai analisar o teor da denúncia contra o presidente Michel Temer antes de se posicionar sobre o assunto, mas que o processo não deve paralisar os trabalhos da Câmara dos Deputados.

"O PSDB vai primeiro analisar tudo isso para depois se posicionar", declarou Alckmin sobre a denúncia feita ontem da Procuradoria Geral da República (PGR).

Questionado sobre se o processo pode atrapalhar o andamento da agenda do Congresso, que ainda pretende votar reformas importantes este ano, como a da Previdência, o governador disse acreditar que não. "Acho que talvez isso se resolva rapidamente. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já disse que dará a celeridade necessária", disse o tucano, que participou de cerimônia no Palácio dos Bandeirantes para lançar a segunda edição do Pitch Gov.SP - programa que aproxima startups da administração pública.

Na quinta-feira (14), o procurador-geral Rodrigo Janot denunciou Temer como chefe do "quadrilhão do PMDB", incluindo ainda o ex-ministro Geddel Vieira Lima, os ex-presidentes da Câmara Henrique Eduardo Alves e Eduardo Cunha, o ex-assessor especial de Temer, Rodrigo Rocha Loures, e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. O esquema teria movimentado propinas de mais de R$ 500 milhões.

O presidente desqualificou a segunda denúncia da PGR, apontando "falta de credibilidade" de Janot e afirmando que a acusação "é realismo fantástico em estado puro".

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados