Previsão do Tempo

RUSSAS

35ºC

NOTÍCIAS / CEARÁ

Corrida resgata o valor e a tradição do jumento

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

11/09/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
A organização do tradicional evento não aceita animais com selas, esporas e nem chicotes, já que há um cuidado em não maltratar os animais e sim mostrar a importância deles ( Foto: Reinaldo Jorge )
A organização do tradicional evento não aceita animais com selas, esporas e nem chicotes, já que há um cuidado em não maltratar os animais e sim mostrar a importância deles ( Foto: Reinaldo Jorge )

A corrida, que já faz parte do folclore e tradições do lugar, a cada ano que passa, mobiliza mais pessoas.

Torcidas vibrantes, respeito às tradições e, principalmente, um momento de festa para os moradores de Lages, em Maranguape, a 30 quilômetros de Fortaleza. Assim aconteceu, na manhã desse domingo (10), a 16ª Corrida de Jumentos, reunindo um público estimado em 5 mil pessoas. O animal Café, montado por Douglas de Sousa, foi o vencedor da bateria, sendo seguido por Farofa, conduzido por Lucivan Ferreira.

A corrida, que já faz parte do folclore e tradições do lugar, teve nesta edição um apoio não apenas do poder público como de comerciantes e pequenos empreendedores do Município. Por toda a manhã, o distrito de Lages viveu um clima de festa, com a instalação de barracas de comidas e bebidas, no entorno da pista e, sobretudo, na pracinha principal. A animação também foi maior com a participação de bandas de forró, que se apresentaram até o fim da tarde.

No entanto, é a disputa entre os corredores e os seus jumentos que fazem com que a vibração do público atinja o auge. Com torcidas para os bichos e para os montadores, os gritos de incentivo não cessavam desde a largada até o ponto de chegada. Marcada para acontecer a partir das 9 horas, a competição teve início com três horas de atraso, em vista do número de inscritos para as quatro baterias que compuseram a prova. Para o organizador do evento, Gustavo Abreu, a iniciativa voltou a repetir o sucesso das edições anteriores, especialmente com a maior adesão de promotores e participantes.

Respeito

Ele explicou que há um cuidado para que não haja maus tratos aos animais e um respeito ao jumento, que apesar das ligações com as origens nordestinas, é uma espécie que tem padecido do abandono de seus proprietários. "Essa é uma prova que queremos também firmar a importância desse animal. Não é uma competição bizarra, mas que resgata o valor do jumento, que tem sido desprezado pelos seus donos e atualmente muitos vagam pelas estradas e sofrem com fome e doença", afirmou Gustavo.

Para garantir que não houvesse maus tratos, o regulamento da prova permite a participação de adultos e crianças (com autorização dos pais) e de moradores de outros municípios. Entretanto, segundo as normas da organização, não são aceitos animais com selas, esporas e nem chicotes. "Trata-se de uma corrida tradicional, sem maltratar os asininos", disse Gustavo.

Lages viveu ontem um dia de descontração e virou ponto de encontro de jovens do Município e cidades vizinhas. Neste ano, competiram 11 atletas e a premiação contemplou os quatro primeiros que chegarem ao ponto determinado. O 1º colocado ficou com R$ 500; na 2ª posição o bônus foi de R$ 300; R$ 200 para o 3 lugar; e R$ 100 para o 4º. Após a premiação dos vencedores, houve a apresentação das bandas.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados