Previsão do Tempo

RUSSAS

35ºC

NOTÍCIAS / ESPORTE

Filhos de Romário e Marcelinho Carioca aguardam oportunidade no Tupi

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

11/09/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
Romarinho(à esquerda)e Lucas se reencontraram no Tupi após terem sido companheiros nas categorias de base do Vasco da Gama ( Foto: Mariana Proton/Tupi )
Romarinho(à esquerda)e Lucas se reencontraram no Tupi após terem sido companheiros nas categorias de base do Vasco da Gama ( Foto: Mariana Proton/Tupi )

Enquanto Romarinho faz parte dos planos do técnico Aílton Ferraz na Série C, Lucas treina no clube e espera assinar contrato para 2018.

O velho ditado popular "filho de peixe, peixinho é" é utilizado quando filhos seguem as carreiras profissionais de seus pais. Com Romarinho e Lucas, filhos de Romário e Marcelinho Carioca, respectivamente, não é diferente. Pressão por meio de comparações, expectativa para darem certo no difícil mundo do futebol são situações divididas por ambos desde a época em que atuavam juntos nas categorias de base do Vasco da Gama. 
 
Agora, pelo Tupi, adversário do Fortaleza nas quartas de final da Série C, os filhos dos craques da bola vivem situações diferentes. Enquanto Romarinho já recebeu algumas oportunidades do técnico Ailton Ferraz na disputa da terceira divisão nacional, Lucas apenas utiliza a estrutura do clube mineiro para manter a forma física. O intuito do atleta é assinar contrato com o Galo Carijó para a próxima temporada. 
 
Em entrevista ao site mineiro Hoje em Dia, o filho de Marcelinho Carioca explicou a situação. "Cheguei aqui há dois meses. Como já haviam acabado as inscrições, o Ailton e o clube abriram as portas para que eu mantivesse a forma física. Estou muito grato", disse o filho do "Pé de Anjo". 
 
Sobre características de jogo, o meia-armador tratou de mostrar suas diferenças em relação ao pai consagrado. "Também tenho o dom (nas bolas paradas) e sou um jogador que gosta de vir de trás, como um meia armador ou até segundo volante, diferente do meu pai, que era um meia-atacante que entrava mais na área", explicou.
 
Antes do Tupi, o herdeiro do ídolo da Fiel acumulou passagens por São Caetano, Audax/RJ, Marília/SP, Tupã/SP, Maracaju/MS e Vitória/PE. Já Romarinho defendeu as cores do Brasiliense, Vasco, Zweigen Kanazawa, do Japão, e Macaé/RJ. 
 
Baixinho em Juiz de Fora 
 
O ano era 2006.Após ser artilheiro da liga americana defendendo as cores do Miami, Romário se encontrava sem clube e precisava retornar logo aos gramados em sua saga pelos mil gols. Não encontrou refúgio em clubes da Série A e foi aí que o Tupi entrou em seu caminho. 
 
Em entrevista à Revista Série Z, Vitor Lima Gualberto, editor do site Segundona Mineira, torcedor do Galo Carijó, tinha 14 anos à época, e comentou sobre a chegada do craque a Juiz de Fora. "Quando anunciado, foi a melhor coisa do mundo. Na época o Tupi não tinha visibilidade alguma, tinha acabado de conquistar o acesso do Módulo II. Foi um rebuliço danado em todos os tipos de mídias, até no Jornal Nacional, fiquei muito feliz devido ao fato do meu time estar sendo muito falado", recordou. 
 
No entanto, Romário nunca chegou a atuar pelo time mineiro. De acordo com  a CBF, a janela internacional foi fechada em 31 de agosto daquele ano, e o "Peixe" ainda atuava pelo Miami na data; sendo assim, seu contrato ainda estava em vigor. O atacante, mesmo livre, estava impossibilitado de atuar por uma equipe brasileira.   
 
No vídeo abaixo, após alguns anos, Romário regressa a Juiz de Fora para acompanhar seu filho atuar pelo Galo Carijó na Série C.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados