Previsão do Tempo

RUSSAS

26ºC

NOTÍCIAS / BRASIL

Temer decidirá se cartórios poderão emitir carteira de identidade e de trabalho

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

05/09/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
A proposta foi aprovada por meio de uma emenda do deputado Júlio Lopes (PP-RJ) à medida provisória (MP) 776/2017, que altera a Lei de Registros Públicos. ( Foto: Divulgação )
A proposta foi aprovada por meio de uma emenda do deputado Júlio Lopes (PP-RJ) à medida provisória (MP) 776/2017, que altera a Lei de Registros Públicos. ( Foto: Divulgação )

Se a proposta for sancionada por Temer, os cartórios precisarão fazer convênio com os órgãos responsáveis para emitirem a documentação e cobrar pelo serviço.

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (5), em plenário, a proposta que permite aos cartórios emitirem carteiras de identidade e de trabalho e cobrar por esses serviços. Atualmente, esses documentos são emitidos apenas por órgãos públicos, gratuitamente. Como já tinha sido aprovada pelo Senado, a matéria seguiu para sanção presidencial.
 
A proposta foi aprovada por meio de uma emenda do deputado Júlio Lopes (PP-RJ) à medida provisória (MP) 776/2017, que altera a Lei de Registros Públicos. 
 
O texto original da matéria apenas permitia que a certidão de nascimento indique, como naturalidade do filho, o município de residência da mãe na data do nascimento, desde que localizado no Brasil.
 
A emenda de Lopes, por sua vez, incluiu na MP autorização para cartórios prestarem outros serviços remunerados à população na área de credenciamento ou matrícula com órgãos públicos e entidades interessadas, como a emissão de RGs e carteiras de trabalho.  Para prestar o serviço, os cartórios precisarão fazer convênios com esses órgãos públicos. 
 
Partidos de oposição, como PT, PSOL e PCdoB, questionaram a emenda. "O mínimo que os senadores poderiam ter feito era especificar quais serviços remunerados os cartórios vão poder executar", reclamou o líder do PSOL, deputado Glauber Braga (RJ).

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados