Previsão do Tempo

RUSSAS

28ºC

NOTÍCIAS / BRASIL

Temer busca 211 votos de ruralistas na Câmara

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

24/07/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
De olho no agronegócio, Michel Temer e ministro Blairo Maggi (Agricultura) anunciaram R$ 103 bilhões do Banco do Brasil para financiar nova safra ( Foto: PR )
De olho no agronegócio, Michel Temer e ministro Blairo Maggi (Agricultura) anunciaram R$ 103 bilhões do Banco do Brasil para financiar nova safra ( Foto: PR )

Planalto negocia agenda de projetos de interesse do agronegócio a fim de garantir sobrevivência na votação de agosto.

Brasília. Encurralado por denúncias de um lado e pedidos de impeachment de outro, o presidente Michel Temer intensificou a barganha entre governo e base aliada para garantir a própria blindagem no Congresso.

No cenário de busca voto a voto, a agenda ambiental entrou para o centro das negociações como moeda de troca importante na conquista do apoio da bancada ruralista, que soma 211 deputados na Câmara. Ou nada menos que 41% do total de parlamentares da Casa que decidirá se a acusação de corrupção passiva contra Temer deve ou não seguir para o Supremo Tribunal Federal (STF). A votação em plenário está marcada para o dia 2 de agosto, após o fim do recesso.

A ofensiva do presidente, que nunca escondeu simpatia pela pauta do agronegócio, já começou. Nos últimos dez dias, ele enviou projeto ao Congresso para diminuir o tamanho da Reserva do Jamanxim, no Pará, e aprovou parecer determinando que somente terras ocupadas por indígenas até outubro de 1988, data da promulgação da Constituição, podem ser demarcadas. A adoção da chamada "tese do marco temporal" foi comemorada por ruralistas que miram outros itens de interesse do grupo no Congresso Nacional.

No balcão atual de negociações com o governo, estão propostas tão ou mais impactantes para a preservação da natureza, segundo especialistas, como a flexibilização de regras para licenciamento ambiental, liberação de agrotóxicos e venda de terras para estrangeiros. O governo prepara uma medida provisória sobre dívidas bilionárias de produtores ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) sob a pressão de parlamentares ligados ao agronegócio, que pleiteiam anistia de multas, descontos e maior prazo para pagar.

Ambientalistas fazem coro ao apontar que o atual momento, de fragilidade do presidente, em busca incessante de apoio parlamentar, é um dos mais críticos para a agenda ambiental na história recente do país. Há um temor de que o jogo político resulte em perdas irreparáveis para a legislação do setor, aponta Marcio Astrini, coordenador de políticas públicas do Greenpeace.

Troca-troca na CCJ

Já o festival de mudanças promovido pelos partidos aliados na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara vai colocar nas mãos de novatos a análise de vários projetos até então relatados por parlamentares com longa tradição na comissão.

Ao todo, a CCJ registrou 25 movimentações ao longo das últimas semanas em uma operação com manobras para tentar salvar o mandato de Temer.

O governo colocou na comissão deputados para barrar o parecer que indicava a aceitação da denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente. A estratégia deu certo: 41 dos 66 integrantes titulares votaram para salvar Temer.

Agora, porém, 119 projetos ficaram sem dono e devem voltar para a estaca zero -eles estavam distribuídos entre nove deputados que foram retirados da comissão. A CCJ é a comissão mais importante da Câmara.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados