Previsão do Tempo

RUSSAS

32ºC

NOTÍCIAS / POLÍCIA

Bando tinha praticado outros dois ataques

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

13/07/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
Três criminosos e um cliente do estabelecimento foram mortos. Um dos membros do bando, que tombou no confronto, ainda não foi identificado ( Fotos: Helene Santos )
Três criminosos e um cliente do estabelecimento foram mortos. Um dos membros do bando, que tombou no confronto, ainda não foi identificado ( Fotos: Helene Santos )

A ação que terminou com quatro mortos e três feridos era a terceira da quadrilha, nos últimos três meses.

A quadrilha que tentou assaltar um carro-forte, no Parque São José, na última terça-feira (11), também é responsável por outros dois ataques, na Capital e na Região Metropolitana, ocorridos nos últimos três meses, segundo o delegado Diego Barreto, da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). A primeira dessas ações criminosas terminou com a morte de um vigilante.

O latrocínio aconteceu no dia 11 de abril deste ano, quando sete criminosos abordaram vigilantes de uma seguradora, que recolhiam o dinheiro de uma casa lotérica, localizada na Rua Emílio de Menezes, na Granja Lisboa. Antônio Luís Alexandre Sousa, 24, foi feito refém e assassinado pelos assaltantes.

O segundo assalto da quadrilha ocorreu em uma casa lotérica, localizada num mercantil, em Maranguape, no último dia 30 de junho. O bando anunciou o roubo quando o carro-forte chegou para recolher os malotes de dinheiro, fez funcionários do estabelecimento de reféns e fugiu com cerca de R$ 50 mil.


Dois vigilantes e um delegado de Polícia Civil foram baleados durante o tiroteio. O delegado já recebeu alta médica. Os vigilantes também não correm risco de morte

De acordo com Diego Barreto, a quadrilha em questão é comandado por Rafael Epifânio da Silva, que está foragido e tem uma lista extensa de antecedentes criminais, incluindo extorsão mediante sequestro. A Especializada realiza diligências desde a manhã de ontem, com o objetivo de encontrar armas que podem ter sido utilizadas no ataque ao carro-forte e de localizar os outros criminosos envolvidos na ação, inclusive Rafael Epifânio.

Confronto

Na última na terça-feira (11), a DRF recebeu a informação de que haveria uma ação criminosa contra uma instituição financeira. Os policiais chegaram ao supermercado, onde funciona uma casa lotérica, quando a quadrilha abordava os vigilantes do carro-forte, que recolhiam malotes no local. O efetivo da DRF era de dez policiais civis, sendo dois delegados. "Recebemos informes de uma movimentação suspeita no supermercado. Assim que entramos no estacionamento, começou a troca de tiros entre os vigilantes e os bandidos. Havia muitos transeuntes, não podíamos entrar no confronto com receio de acertar um inocente. Quando os bandidos fugiram do supermercado, agimos. Atiraram em nós e revidamos. Dois deles acabaram mortos no local e o terceiro, na Lagoa do Mondubim, após perseguição", contou Diego Barreto.

Os criminosos mortos são Cristian de Oliveira Lopes, 28, que já respondia por roubo e tinha um mandado de prisão em aberto pelo latrocínio do vigilante; Gabriel Veloso Lima de Sousa, 20, que respondia por receptação; e um homem conhecido por 'Samuel', que usava uma farda da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). Com eles, a Polícia apreendeu uma pistola calibre 380 e um Toyota Corolla.

Bala perdida

Um cliente da casa lotérica foi atingido por uma bala perdida e morreu. Segundo o delegado, a vítima foi alvejada no confronto entre a quadrilha e os vigilantes. "A Polícia agiu com muita cautela, tentando ao máximo preservar a vida dos inocentes que estavam ali", afirmou.

Durante a operação, o titular da DRF, delegado Raphael Vilarinho, foi baleado na coxa. Segundo Diego Barreto, Vilarinho foi medicado e já recebeu alta médica. Dois vigilantes também foram baleados pelos criminosos, mas não correm risco de morte.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados