Previsão do Tempo

RUSSAS

30ºC

NOTÍCIAS / LIFESTYLE

Esponja de louça acumula 680 milhões de fungos e bactérias

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

06/07/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
O simples contato da esponja com os talheres e pratos faz com que os objetos se contaminem, podendo estender a contaminação aos alimentos ( Foto: Divulgação )
O simples contato da esponja com os talheres e pratos faz com que os objetos se contaminem, podendo estender a contaminação aos alimentos ( Foto: Divulgação )

O estudo foi feito pela Faculdade DeVry Metrocamp, pertencente a um grupo educacional dos EUA.

Você sabia que 15 dias de uso de uma esponja de lavar louça já são suficientes para deixá-la com 680 milhões de fungos e bactérias? Foi o que descobriram pesquisadores de Campinas (SP).

Os micro-organismos podem causar de diarreia e febre a problemas pulmonares. O maior risco é para os idosos, crianças e pessoas com baixa imunidade.

O estudo, feito pela Faculdade DeVry Metrocamp, foi realizado com amostras de esponjas usadas por esse período, e não higienizadas. 

O resultado assusta, mas os pesquisadores ressaltam que boa parte desses micro-organismos já estão presentes no nosso corpo e no ambiente. O problema é quando se trata de uma quantidade excessiva deles.

"Nós encontramos principalmente a Escherichia coli, que pode ocasionar problemas como diarreia, febres. Fungos podem ocasionar problemas de pele, que vão desde uma micose ou até mesmo problemas no pulmão", alerta a pesquisadora Rosana Siqueira.

A contaminação

O simples contato da esponja com os talheres e pratos faz com que os objetos se contaminem, podendo estender aos alimentos. O estudo aponta que água e sabão não limpam, de fato, a ferramenta.

Higienizar ou comprar outra?

Para deixar a esponja livre dos micro-organismos, os pesquisadores ensinam que todos os dias é preciso repetir um procedimento: colocá-la no micro-ondas com um pouco de água em potência alta por 2 minutos.

O resultado, garante o estudo, é uma esponja mais higienizada do que uma outra nova em folha. 

Os testes realizados em laboratório mostram que ela fica mais limpa e com menos fungos e bactérias do que uma esponja nova.

Outra opção de limpeza testada no estudo é colocar a ferramenta em uma solução na proporção de duas colheres de água sanitária para 1 litro de água. 

A esponja deve ficar imersa por dez minutos.

Também é importante não deixar a esponja em potes de sabões em pasta ou úmidas, pois quanto mais úmida, mais contaminada fica.

No entanto, todos esses procedimentos devem ser feitos desde o primeiro até o 15º dia de uso, quando ela deve ser realmente substituída por outra.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados