Previsão do Tempo

RUSSAS

26ºC

NOTÍCIAS / POLÍTICA

Base de Camilo quer aprovar PEC do TCM antes do recesso parlamentar

Óticas Diniz

O Povo

03/07/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia
A votação da PEC deve ser realizada nesta terça-feira, 4. Foto: Junior Pio/AL-CE
A votação da PEC deve ser realizada nesta terça-feira, 4. Foto: Junior Pio/AL-CE

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), vai colocar em pauta, nesta terça-feira, 4, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A leitura do relatório deveria ter sido feita no dia 14 de junho, mas uma liminar impediu o trâmite.

O movimento da base do governador Camilo Santana (PT) é para acelerar a tramitação da matéria e aprovar o texto antes do recesso parlamentar, marcado para o dia 17 de julho.

Com maioria para aprovar a PEC na Assembleia, o governo precisou enfrentar uma série de ações judiciais da oposição tentando impedir a votação, assim como ocorreu na primeira proposta aprovada em dezembro do ano passado.

Em uma das investidas judiciais da oposição, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou, na semana passada, pedido do PSD para paralisar o trâmite da PEC. O deputado estadual Leonardo Araujo (PMDB) tem prometido entrar com diversas ações para atrasar a votação, causando uma “celeuma” jurídica.

Uma disputa entre governo e oposição envolvendo a PEC acarretou em uma guerra entre o deputado Osmar Baquit (PSD) e o seu partido. O ex-secretário de Camilo, que é favorável à extinção da Corte de contas, chegou a ser expulso da legenda, mas, judicialmente, reverteu a decisão anterior.

Ele havia prometido deixar a sigla depois do PSD exigir que ele deixasse a CCJR, após ter se tornado membro e assumido a relatoria da matéria. Recurso do deputado Capitão Wagner (PR) contra permanência de Baquit na comissão, e como relator, foi votado e derrotado em sessão ordinária.

Trâmite

A votação da matéria na comissão, prevista para ser realizada nesta terça-feira, 4, pode ser adiada se algum parlamentar peça vista do relatório do deputado Osmar Baquit.

Caso haja adiamento, que será por cinco dias corridos, a votação em plenário deve ser realizada na semana que vem. Se não houver pedido de vistas, a votação já deve ser realizada na próxima quinta-feira, 5.

A AL-CE só terá duas semanas de recesso e já retoma os trabalhos no dia 1° de agosto.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados