Previsão do Tempo

RUSSAS

25ºC

NOTÍCIAS / NEGÓCIOS

Preço médio da gasolina no CE é 3º maior do País

Óticas Diniz

Diário do Nordeste

20/09/2016

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Enquanto o preço médio da gasolina vem caindo em grande parte dos estados brasileiros nos últimos meses, no Ceará, o valor permanece praticamente o mesmo e já é o terceiro maior do País. O litro do combustível está sendo vendido atualmente por pelo preço médio de R$ 3,93, segundo o último levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito de 11 a 17 deste mês.

O Ceará só perde para o Acre e Pará, onde os preços médios são, respectivamente, R$ 4,06 e R$ 3,99. No Estado, o valor do litro vai de R$ 3,58 a R$ 4,39, uma variação de 22,6%. O preço mínimo foi observado em um posto localizado no município de Juazeiro do Norte, e o máximo foi identificado na cidade de Canindé. Ao todo, a ANP pesquisou 204 estabelecimentos.

A gasolina vendida nos postos cearenses continua sendo a mais cara da região Nordeste. Os estados do Rio Grande do Norte e Alagoas aparecem na segunda e terceira posições, com valores médios de R$ 3,83 e R$ 3,77, respectivamente.

Fortaleza

Entre as capitais brasileiras, Fortaleza tem a segunda gasolina mais cara, cujo valor médio é de R$ 3,93, o mesmo observado no Ceará. Com R$ 3,99, Rio Branco ocupa a primeira colocação. No terceiro, está Palmas (R$ 3,90).

Na Capital cearense, onde 72 postos foram pesquisados pela ANP, o consumidor pode comprar o litro do combustível por preços que variam entre R$ 3,89 e R$ 3,99, uma diferença de 2,6%. Em Fortaleza, a gasolina mais barata é comercializada em um posto situado no bairro Dionísio Torres. Já o maior valor para o litro do combustível foi observado em um estabelecimento no bairro Papicu.

Liderança

Fortaleza, assim como o Estado, continua sendo a capital nordestina cujo preço médio da gasolina é o mais elevado. Natal e Maceió estão na segunda e terceira posições do ranking regional, com valores de R$ 3,81 e R$ 3,76, respectivamente.

Sindipostos

Procurado pela reportagem, o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos) informou, em nota, que "não tem a competência nem a missão de formar ou informar preços de combustíveis. Essa função é de cada revendedor, que conhece os custos de operação da sua atividade. O mercado é livre e se auto regula conforme a concorrência entre seus agentes".

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados