Previsão do Tempo

RUSSAS

33ºC

COLUNISTAS / HILDEBERTO AQUINO

Dia internacional da Mulher

Óticas Diniz

Hildeberto Aquino

08/03/2017

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Já escrevi vários artigos a respeito, e principalmente neste dia especial que poucos se dão conta da importância. "Dia Internacional da Mulher!" Mas enquanto alimentamos perspectivas de conscientização e melhoras, assistimos, todos os dias, a notícias nada amimadoras. Espancamento, estupros, assassinatos, desrespeitos de todas as formas. A quem recorrer mais? A Lei Maria da Penha foi bem concebida em todos os aspectos, mas parece-nos que não entendida, ou negligenciada e desrespeitada propositalmente. Resta tão somente a impunidade. Mulheres quando agredidas e recorrem à Justiça por vezes são ameaçadas pelo agressor e deliberam forçosamente retirar a ocorrência. Pior é as autoridades em fragrante desrespeito à Lei retiram as queixas se houver a desistências das agredidas. Errado!  Deu-se a agressão essa tem que ser apurada e punida na forma da lei. Esta seria apenas uma das providências. E as mulheres que não se inibam, agredidas que denunciem e mantenham. Unam-se ainda mais! Valorizem-se!

Enquanto não tomarmos consciência do real valor da mulher e que sejam punidos os bestiais agressores, um poema para relaxar:

O MELHOR DOS MEUS BEST-SELLERS

De cabeceira, a minha predileção.
Leio, releio, tento interpretar, assimilar todos os dias, de várias maneiras.
Intensa, erudita e reiteradamente, em porções..., sabiamente.                                               
Já sei de cor todos os anversos e versos, começo, meio e fim.
Já memorizei, mas não canso, nem tenciono, nem penso.
Sinto falta se por uma só vez me privam.
Madrugo, perco noites.
Virou mania, é a minha adorável insônia.
Em cada capítulo uma viagem, descobertas.
De conteúdo profundo, filosófico, inigualável.
Misto de racional com irracional, encantador, inestimável.
Estruturação perfeita.
Diagramação melhor ainda.
Encadernação impecável, a capricho, com desvelo, inimitável.
Contextura suave, macia, agradável de tocar.
Ilustrações estimulantes, as mais lindas, insinuantes.
Textos coesos e coerentes.
Fraseados, períodos, parágrafos primorosamente harmonizados.
Virgulação exata.
Interrogações desnecessárias.
Exclamações sempre convincentes.
Hifenizações que unem, que fundem, que dão novo sentido a leitura.
Pontos finais perfeitos, precisos, que pontuam.
Resta-me ainda mais ter habilidade para entender, esforçar-me em trasladar.
És tu MULHER, simplesmente tu que a cada releitura que faço ainda não consigo te Alcançar, aproximo somente, estás sempre mais além.
Há mais linhas e laudas a percorrer, sutilezas a descobrir, enfim de te entender como um ser especial que és.
Mas contento-me em ser um eterno aprendiz, um dia quem sabe...

Hildeberto Aquino

Nascido em Crato (CE). Formação: Língua Portuguesa e pós-graduado em Gestão Escolar. Ex-funcionário do Banco do Brasil, 1972/1997, assumiu em Russas em 1982. Corretor de Imóveis. Articulista (crônicas e poesias). Meu lema: "Indigne-se por você e por todos contra as injustiças, quais forem. Clame, exija, exerça a sua cidadania e não seja mais um abmudo!" José HILDEBERTO Jamacaru de AQUINO

Hildeberto Aquino

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados