Previsão do Tempo

RUSSAS

28ºC

COLUNISTAS / AGAMENON VIANA

A Música Popular do Brasil IX

Óticas Diniz

Agamenon Viana

25/07/2016

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Como escrevi em artigo anterior, na década de 1930 são incrementadas mais e mais as transmissões da música popular brasileira pelas ondas do rádio. Ouvia-se de tudo que era produzido aqui e até mambo cubano como é o caso de: "The peanut vendor" interpretada por Dom Azpiazu. Ouvia-se Francisco Alves endeusar num samba a favela carioca. Almirante cantar a marchinha: "Yes nós temos banana". Silvio Caldas falar de uma professora que ele encontra de manhã quando vem da boemia e ela está indo ensinar as criancinhas do subúrbio a ler. Mas a intolerância contra a mulher já despontava em claro e bom som naquela época machista. Noel em samba seu diz: mulher indigesta, indigesta, merece um tijolo na testa! Igualmente a marchinha de carnaval interpretada por Francisco Alves diz: esta mulher há muito tempo me provoca e se ouve o refrão responder: dá nela, dá nela! É, a Maria da Penha, que deu nome à lei, não era nem nascida ainda.

"Serra da boa esperança" é um samba canção de despedida interpretado por Francisco Alves, conhecido como o rei da voz. Orlando Silva canta Sertaneja. Carmem Miranda e Mário Reis cantam a marchinha de São João "Chegou a hora da fogueira". "Sing in the rain" é interpretada por Cliff Edwards. "Feitio de oração" por Francisco Alves.  "Noite cheia de estrelas" por Vicente Celestino: Silvio Caldas canta a valsa "A deusa da minha rua". 
Jararaca canta a marcha de carnaval "Mamãe eu quero". "Feitiço da vila" é interpretada por João Petra de Barros. Ouve-se a canção natalina de Assis Valente, "Boas Festas" interpretada por Carlos Galhardo. Judy Garland interpreta a bela canção "Over the rainbow". 
A valsa "Lábios que beijei" por Orlando Silva. "Coração materno" pela forte voz de Vicente Celestino. Breno Ferreira canta "Andorinha preta". "Na baixa do sapateiro" é cantada por Carmem Miranda. "Mágoas de caboclo" por Orlando Silva, "Aquarela do Brasil" por Francisco Alves. "De papo pro ar" por Gastão Formenti. Swing the mood, por Glenn Miller. "Se acaso voce chegasse" por Cyro Monteiro, "No rancho fundo" por Silvio Caldas, "O ébrio" por Vicente Celestino. "Camisa listrada" por Carmen Miranda. "Chão de estrelas" por Silvio Caldas. "Maringá" por Gastão Formenti. "Sonho de papel" por Carmen Miranda, marcha de São João onde se ouve um clarinete e uma flauta fazendo bonito solo no fim com acompanhamento simples de violão e percussão.

A nossa música passava por uma transformação harmônica e um desembaraço maior na sua rítmica. As letras continuavam a falar de temas carnavalescos, as festanças de meio de ano, alguma nacionalidade e muito amor e desilusão!
 

Continua na próxima edição.

Agamenon Viana

É poeta, escritor de contos e crônicas e membro da ACADEMIA ARACATIENSE DE LETRAS, cadeira 28. É compositor e protagonista de vários estilos musicais, os quais ele mesmo arranja e interpreta. É violonista, mas recentemente passou a usar também a viola caipira. Fez apresentações em programas de televisão em Fortaleza, na TV DIÁRIO, TVC e TV ASSEMBLÉIA, sempre divulgando suas inéditas criações e sendo um defensor da cultura popular e as tradições do sertão nordestino.


Agamenon Viana

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados