Previsão do Tempo

RUSSAS

26ºC

COLUNISTAS / CARLOS EUGÊNIO

Ascensão social

Óticas Diniz

Carlos Eugênio

04/12/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Os números nem sempre proferem a realidade dos fatos. Em se tratando de política econômica, o grau de complexidade, no que se refere ao entendimento das melhorias anunciadas e, as reais mudanças positivas ocorridas na vida das pessoas, muitas vezes,é uma incógnita. Até que ponto a ascensão social, tão propagada nas últimas décadas, promoveu verdadeiramente a igualdade social?No Brasil,a diferença entre a classe abastada - uma minoria privilegiada -, e a classe trabalhadora - maior parte da pirâmide que sustenta esse país -, é algo estarrecedor.

A política adequada para promover a distribuição de renda, alicerçada nos patamares da igualdade, passa por um projeto educacional que vinha equacionar oportunidades.Não acredito em ascensão social que não passe pela qualidade de ensino. Embora esta dependa de outras séries de fatores ligados ao contexto social, entre os quais:de âmbito econômico, político, governamental e tecnológico. Todavia, a educação não pode ficar a margem desse processo. A caminhada é árdua, exige esforço e persistência, associado a altos investimentos, mas de eximia valia ao porvir do país.

A ascensão social está interligada a ideia de crescimento numa escala imposta pelo sistema capitalista. O que representa as pessoas no capitalismo? Não passam de uma simbologia numérica, sem alma e coração. Uma visão selvagem de encarar a vida e, nortear valores.O ser humano é o produto de consumo, onde o lado financeiro torna-se o maior atributo no convívio social. A essência das pessoas é devorada pelo capitalismo selvagem, esquecida no túnel das aparências, e representadas em gráficos numéricos.

Os números precisam ser questionados, pois a verdade não é absoluta. Embora tenha ocorrido uma considerável ascensão social, nas últimas décadas, há de se fazer uma leitura desses dados com um olhar critico. Não podemos cair no conto das informações maquiadas por especialistas em ludibriar a ingenuidade do povo. Quais as mudanças ocorridas na vida dos trabalhadores, nos últimos tempos? Apesar de ter havido algumas mudanças de caráter social, não atenderam os anseios populares. Caso contrário, não tínhamos tantas greves, mostrando a insatisfação dos verdadeiros heróis dessa pátria.

O aumento do poder de compra é outro indicador que promove a ascensão social de um país. Como está o poder de compra do brasileiro assalariado? Não dá para acreditar em números, quando a família percebea inflação refletindo negativamente na compra da cesta básica. A correção do salário mínimo reflete, apenas, as perdas salariais de cada ano. Os gestores públicos ainda têm o cinismo de falar em melhoria de vida. É inegável que o Brasil avançou em alguns pontos.Todavia, esse avanço nem sempre atende as necessidades da população. Falta compromisso dos gestores, com a classe trabalhadora.

As mudanças sociais devem partir da sociedade, em prol da construção de um Estado novo e menos conservador. Esse processo passa, sobretudo, por uma conscientização política e cultural. Mas como mudar a mente de um povo? A escola tem um papel imprescindível como fonte de transformação social. Para isso, ela precisa está alicerçada de fatores que promovam a cidadania. Até quando o Brasil vai conviver com uma pequena classe privilegiada, em detrimento da classe trabalhadora desprovida de recursos básicos? Até o dia em que opovo brasileiro compreender que sua força transformadora fluidado voto consciente, livre das amarras da submissão do poder. 

Carlos Eugênio

Nasceu em Russas - CE. Graduado em Português Licenciatura Plena pela Universidade Vale do Acaraú; (UVA), Especialista em Ensino da Matemática e Física pela Faculdade Vale do Salgado (FVS). Professor, colunista do Jornal Correio de Russas e da TV Russas.

Carlos Eugênio

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados