Previsão do Tempo

RUSSAS

31ºC

COLUNISTAS / CARLOS EUGÊNIO

Violência sem limite

Óticas Diniz

Carlos Eugênio

07/08/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

O sangue jorra como água que corre da fonte. O submundo do crime, em conflito com a humanidade, promove o medo e dissemina a violência por todo o país.  As vítimas, da tirania dos criminosos, deixam para trás seus familiares que, também sagram, com a dor da perda do ente querido. E mais uma vida se perde no temeroso soar de uma arma de fogo. As instituições de segurança pública estão sendo desafiadas a cada momento. Esse é o cenário de guerra que o Brasil enfrenta atualmente.

     Em meio ao conflito, os cidadãos e as cidadãs ficam à deriva, privado de exercer o direito de circular livremente. Enquanto as autoridades, responsáveis pelo falido sistema de segurança, tornam-se reféns de um código civil retrógado. Os poderes constitutivos poderiam agir, mas permanecem na inércia, fingindo não vê que o país enfrente uma verdadeira guerra civil. Crimes com os mais diversos graus de perversidade atinge o seio das famílias brasileiras. A criminalidade não escolhe sexo, etnia, religião ou classe social. Todos são atingidos pelo subversivo universo do crime. Vítimas de um sistema penal que fomenta a inversão de valores.

     Os transgressores são beneficiados pelas leis brandas. Assaltam, matam, ateiam fogo nas vítimas, estupram em via pública, disparam uma arma de fogo na cabeça de uma criança que implora para viver, mas quando identificados, em pouco tempo estão soltos nas ruas para cometer as mesmas atrocidades. Esse é o retrato de um país em que o crime compensa. A fragilidade das leis penais favorecem os criminosos. O que pode ser feito para mudar essa tétrica realidade? A resposta dessa incógnita, de complexidade sociocultural, encontra-se nas mãos dos parlamentares.

     O poder legislativo precisa agir urgentemente. O código penal brasileiro não mais condiz com a realidade dos crimes praticados no mundo contemporâneo. O crime organizado age em diversas vertentes. O tráfico de armas e de drogas são os fomentadores da diversificação do crime. No Estado do Ceará, há uma estreita relação do aumento da criminalidade com esses setores, em especial, com a vulgarização da droga no país. O que nossos parlamentares estão esperando para reformular do código penal? Acredito que não seja sentir na própria carne a mão perversa dos marginais, no qual a sociedade já sente no dia-a-dia.

     A violência no Brasil tomou proporções insustentáveis. Os marginais não têm limite na coação imposta ao cidadão e a cidadã. Falta suscetibilidade com os congéneres, e respeito à vida. A estima pelo semelhante, ficou esquecida na arrogância e, na prepotência animalesca oculta nas entranhas de um ser que, despreza a vida. Já que o ser humano chegou a essa veemência de barbárie, as leis civis precisam deter a sanha desses indivíduos que trilham o caminho do crime.

     O Brasil vivencia os arrojos de uma violência sem limite. Os governantes tentam justificar o injustificável. Mas, verdadeiramente, a violência tornou-se uma epidemia em todo o país. Devastando famílias, agredindo a essência da sociedade nos âmbitos da moralidade e desmoralização das instituições de segurança pública. Sabe-se que, o controle da criminalidade é um processo complexo. Entretanto, manter a ordem é um dever do Estado e um direito da sociedade. Cabe aos responsáveis enfrentar o árduo desafio de implantar um sistema de segurança pública, que venha atender o clamor social.    

 

Carlos Eugênio

Nasceu em Russas - CE. Graduado em Português Licenciatura Plena pela Universidade Vale do Acaraú; (UVA), Especialista em Ensino da Matemática e Física pela Faculdade Vale do Salgado (FVS). Professor, colunista do Jornal Correio de Russas e da TV Russas.

Carlos Eugênio

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados