Previsão do Tempo

RUSSAS

27ºC

COLUNISTAS / CARLOS EUGÊNIO

Caos na saúde de Russas

Óticas Diniz

Carlos Eugênio

02/05/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Cuidar da saúde de seu povo é obrigação de todo gestor público. O líder politico que se exime dessa responsabilidade, não tem compromisso com sua gente. Sabe-se que a saúde pública no Brasil funciona de forma medíocre. Falta respeito aos contribuintes, que passa uma vida pagando impostos e, quando precisa de um atendimento médico, o Estado não garante esse direito constitucional. Entretanto, o que vem ocorrendo nos últimos meses em Russas, está ultrapassando o limite da intolerância. Uma verdadeira onda de desmando administrativo tomou conta da cidade. 

 

A atitude do gestor municipal Weber Araújo (PRB), de cancelar o convênio que a prefeitura mantinha com o Hospital de Russas,retrata a falta de apreço pela população. Isso é cuidar bem do povo?O slogan não condiz com as atitudes tomadas recentemente. Saúde é prioridade. Não deve ser usada como forma de retaliações partidárias ou barganha politiqueira. Quando isso ocorre, a população é quem paga o preço. Um preço altíssimo, por sinal, pois pode custar-lhes a vida. Lamentavelmente ainda temos pessoas públicas que agem com tamanha mesquinhez.

 

Onde está o respeito à vida? Certamente adormecido nas entranhas de um perfil ditatorial. O discurso contradiz a prática. As atitudes refletem mais a realidade do que as próprias palavras. A vontade de manter os opositores partidários, oprimidos pela força do poder, está prejudicando o povo de Russas. A população asseia por atendimento de qualidade. O poder público municipal tenta ludibriar com promessas de um porvir promissor. Mas, não é possível uma pessoa agendar o dia em que vai adoecer. Esse fato ocorre inesperadamente. Quando a doença chega, o atendimento hospitalar é primordial.  

 

O Centro de Especialidade Odontológica (CEO), municipal, foi desativado logo que o prefeito Weber assumiu o mandato. Outra atitude que vai à contramão do discurso. A saúde bucal é de extrema importância. Não se cuida bem do cidadão e da cidadã, tolhendo a alegria de um sorriso. Poucos podem pagar um atendimento odontológico. A classe social de baixa renda,não goza desse privilegio. Essa deliberação do atual gestor atinge diretamente aos menos favorecidos. Falta sensibilidade aos anseios populares.

 

A secretária de saúde,Ivonete Vieira,tem autonomia nas decisões da pasta? Quem realmente está à frente de certas açõesimpopulares? Indagações que a sociedade de Russas tem o direito de saber. Chega de secretários municipais servindo de fantoche nas mãos dos gestores. Reproduzindo a fala a opinião de outrem e, oprimindo os próprios pensamentos. Para uma administração funcionar a contento é necessário que o executivo acredite na competência das pessoas, que ele mesmo escolheu para gerir as secretarias.

 

Os dados divulgados, no Diário Oficial da União (DNU), incluindo Russas entre os municípios cearenses com irregularidades nas verbas da saúde e, a suspenção dos recursos até suas regularizações,é o ultimo prego do caixão. O caos na saúde pública de Russas é iminente. O prefeito precisaagir com extrema urgência, na formação das equipes de Saúde da Família,Saúde Bucal e de Agentes Comunitários, para amenizar a situação.A sociedade não pode ficar a deriva.

 

Passou o período dos discursos tempestuosos, das promessas mirabolantes e dos festivais demagogos de juras de amor a Russas. A terra de Dom Lino precisa ser cuidada. Necessita que seus lideres políticos trabalhem em prol de seu povo. O maior problema que a população enfrenta atualmente é na área da saúde. O poder executivo tem que sair de cima do palanque e, fazer acontecer. O verbo trabalhar nunca foi tão conjugado nos recantos da cidade. Chegou o momento de romper as amarras, ir à luta, mostrar a que veio. Começar pela saúde será uma demonstração de respeito à vida.

Carlos Eugênio

Nasceu em Russas - CE. Graduado em Português Licenciatura Plena pela Universidade Vale do Acaraú; (UVA), Especialista em Ensino da Matemática e Física pela Faculdade Vale do Salgado (FVS). Professor, colunista do Jornal Correio de Russas e da TV Russas.

Carlos Eugênio

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados