Previsão do Tempo

RUSSAS

24ºC

COLUNISTAS / HILDEBERTO AQUINO

Enganações!

Óticas Diniz

Hildeberto Aquino

25/01/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Conhecemos algumas? Vamos, esforcemo-nos um pouco. É que de tanto insensíveis e alienados ou impotentes que nos tornaram não nos preocupamos com a realidade. Atentemos bem: quando se anuncia, escandalosamente, o “aumento” do Salário Mínimo que já é minimíssimo, os preços são elevados e, sempre, a mais do que o percentual alardeado pelo governo. De fato, anula-se o “aumento”. Não bastasse, anuncia-se um novo reajuste, para maior, dos combustíveis - que já são uns dos mais caros do mundo. De pronto, e, antecipadamente, os preços disparam e o prejuízo é repassado, mais uma vez, ao consumidor – nós, os iludidos. Em mais um ato de cunho eleitoreiro anuncia-se redução da conta de energia elétrica. Note-se que ainda têm o descaramento de assumir que “vendíamos a energia mais cara do mundo”, como se não soubéssemos e enquanto éramos afanados, durante anos, em valores acima do legal que as companhias, sob a condescendência e protecionismo governamental, relutam em nos devolver. Ficaremos no prejuízo.

 

Dando continuidade ao festival de “bondades”, anuncia-se a negociação das Dívidas Previdenciárias das prefeituras. Bom para os atuais gestores, mas um absurdo! Os novos prefeitos terão agora 20 anos para pagar essas dívidas muitas das quais já foram negociadas e renegociadas pelas prefeituras. Ocorre que, costumeiramente, não honram esses compromissos e ainda acrescentam novas dívidas. Não fosse suficiente o ato criminoso de recolher do contribuinte e não repassar à Previdência, ainda são agraciados. Isto é: o povo paga, a prefeitura não recolhe à Previdência, os contribuintes correm o sério risco de não terem asseguradas as suas aposentadorias e, em um ato de benevolência – leia-se eleitoreiro – concede-se mais essa regalia. À bem da decência e probidade, alguns inconsequentes prefeitos deveriam ter seus bens particulares (muitos dos quais adquiridos quando do mandato) confiscados ou, de pronto, estarem condenados e na cadeia. Quando se trata de fazer as reposições das aposentadorias, maioria das vezes desumanamente abaixo da inflação, achatando-as ainda mais, o governo que posa de bonachão, alega que “não pode comprometer a Previdência expondo-a a risco de falência”. Uma incongruência aviltante. Esse Brasil tem jeito?

 

 

José HILDEBERTO Jamacaru de AQUINO

hildebertoaquino@yahoo.com.br

(Encontrem o texto também nos endereços:  http://blogdoaquino.blogspot.com/www.tvrussas.com.br e www.tvjaguar.com.br, no jornal a Folha do Vale e http://betelfmrussas.com/.)

 


 

 

 

"Indigne-se por você e por todos contra as injustiças, quais forem! Clame, exija, exerça a sua cidadania e não seja mais um ABMUDO. " 

(José Hildeberto Jamacaru de AQUINO)

Visitem o Blog:  http://blogdoaquino.blogspot.com/

Hildeberto Aquino

Nascido em Crato (CE). Formação: Língua Portuguesa e pós-graduado em Gestão Escolar. Ex-funcionário do Banco do Brasil, 1972/1997, assumiu em Russas em 1982. Corretor de Imóveis. Articulista (crônicas e poesias). Meu lema: "Indigne-se por você e por todos contra as injustiças, quais forem. Clame, exija, exerça a sua cidadania e não seja mais um abmudo!" José HILDEBERTO Jamacaru de AQUINO

Hildeberto Aquino

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados