Previsão do Tempo

RUSSAS

28ºC

COLUNISTAS / CARLOS EUGÊNIO

Novo amanhecer

Óticas Diniz

Carlos Eugênio

02/01/2013

Enviar por e-mail
Imprimir notícia

Em momentos de congratulações -com a passagem do natal e a chegada de um ano vindouro- se propaga nos corações a esperança de um novo amanhecer. Esse, não advém do simples fato do sol apontar no horizonte e romper a madrugada erma, mas, da quimera de uma nova perspectiva de vida. O ser humano precisa sonhar para viver. O período natalino, onde se comemora o nascimento do Menino Jesus, em conjuntura com o encanto do despontar de um novo ano, são premissas de um porvir promissor.

 

     Os sonhos alimentam a alma. Por isso temos à necessidade sonhar, de transformar o mundo com o imaginário, para que os anseios possam tornar-se realidade. Mas, para gerir o mundo concreto é preciso ir além dos sonhos. É necessário agir. Somente a ação de um povo consciente dos seus objetivos, pode romper as amarras de um tempo obsoleto e, transformar o futuro em dias melhores. Quando um povo tem ciência das obrigações com sua pátria, ergue o véu de Maya -manto das ilusões- para constatar que as coisas são transitórias e efêmeras. Nenhum líder é absolutamente o dono da verdade ou um sábio tem a sabedoria absoluta. Os fatos falam mais que as palavras esmas.  

 

     O despontar do sol e o cair da brisa de um novo amanhecer, deve nos levar a refletir não apenas a vida particular, mas a sociedade que queremos construir e deixar de herança para filhos e netos. As injustiças sociais ocorrem por consequência das nossas escolhas, já que vivemos em um sistema democrático. Essa forma de governo põe nas mãos do povo a responsabilidade de gerir os destinos do país, da forma mais direta possível. A escolha é soberana. Entretanto, cabe aos lideres políticos cumprir, com honestidade, o papel a que se propôs.

 

    Com a posse dos eleitos, inicia-se uma nova etapa ainda mais desafiadora, é chegado o momento de gerir os desígnios da população. A palavra de ordem passar a ser desenvolvimento. Esse deve ser pensado como uma celular una, em prol da melhoria de vida de seu povo. Os resquícios políticos partidários devem ser deixados de lado, para dar vez e voz aos anseios sociais. Os desafios dos eleitos são imensos. Educação, saúde e segurança, são as secretárias que proporcionam maior preocupação aos recentes gestores públicos. Não se pode esquecer que a infraestrutura, dos municípios cearenses, é outro setor que também merece toda atenção dos governantes. Medidas importantes deverão ser tomadas, em beneficio do povo, no anseio da igualdade social.

 

     As mudanças precisam começar dentro da cada um de nós, para que possa inferir no âmbito social. Tudo pode inicia-se, com uma reflexão crítica da sociedade que temos e, o que podemos fazer para superar os estigmas sociais. Refletir o papel do cidadão e da cidadã, perante os fatos políticos e socioculturais, já é um bom começo para fazer despertar um novo amanhecer. Um amanhecer que proporcione educação de qualidade para nossos filhos, um amparo digno a quem procura a saúde pública e, segurança a classe trabalhadora- que é o sustentáculo desse país.

 

     O apontar do sol do ano que chega, poderá ser a simbologia de uma vida condigna, desde que façamos valer nossos direitos. Infelizmente o brasileiro foi habituado a pensar pequeno. A agir conforme suas paixões filosóficas e, em consequência, calar-se diante das injustiças. Mas, chegou o momento de ir além-fronteiras. Desbravar as profundezas das entranhas humana e, resgatar o ser consciência que reside em cada um de nós. A humanidade tem o poder de mover moinhos, suplantar barreiras, resistir às tempestades. Um horizonte promissor pode ser visto ao abrir a janela. Que a magnitude do romper do dia, proporcione um novo amanhecer, a todos aqueles que clamam paz e justiça social. 

Carlos Eugênio

Nasceu em Russas - CE. Graduado em Português Licenciatura Plena pela Universidade Vale do Acaraú; (UVA), Especialista em Ensino da Matemática e Física pela Faculdade Vale do Salgado (FVS). Professor, colunista do Jornal Correio de Russas e da TV Russas.

Carlos Eugênio

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da TV RUSSAS. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. TV RUSSAS poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
PUBLICIDADE | ANUNCIE

VITRINE

REDES SOCIAIS

  • Facebook
  • Twitter
  • Soundcloud
  • Youtube

©2009 - 2017 TV Russas - Conectando você à informação

www.tvrussas.com.br - Todos os direitos reservados